Prefácio

Estruturas de Governança
Capital Social e Custos de Transação
( Texto original referente a Dezembro/2009 )

Nos últimos anos, os cursos de graduação no Brasil tenderam a se burocratizar como consequência da disseminação de uma visão aligeirada e tecnocrática da educação. A submissão do ensino aos ditames do mercado traduziu-se em pressões da sociedade por maior pragmatismo na educação superior. O próprio aluno, muitas vezes premido pelos temores do desemprego, já inicia seu curso com uma espada de Dâmocles na cabeça. Em regra, não tem se permitido usufruir a oportunidade de exercer a sua criatividade e a sua capacidade crítica ao longo de um curso de graduação. As universidades públicas, cujo papel é ainda maior no intuito de promover a cidadania e a formação de qualidade, encontram-se diante de grandes dilemas. A crise do sistema educativo brasileiro, nos seus níveis fundamental e médio, sob o impacto demolidor do vestibular, deixou pouco espaço para uma boa formação básica, trazendo alunos para o ensino superior com carências de difícil solução. As exigências de cursos mais rápidos e aplicados às necessidades imediatas do mercado tendem a varrer a teoria para o campo da poesia e mesmo do quixotismo. Muitos professores universitários já abandonaram a graduação ou dela desistiram em busca de maior qualidade do ensino nos cursos de pós-graduação.

Este livro ajuda a romper com a mesmice em que se transformou a graduação no Brasil, apontando que ainda é possível acreditar numa educação de qualidade de natureza pública e gratuita. Ele é fruto do trabalho de um aluno de graduação que tem o mérito de não se deixar levar por essa onda que avassala o ensino no país. Jhonathan ousa discutir temas complexos, muitos dos quais só suficientemente tratáveis em teses de doutoramento. Mas ousar é preciso, especialmente na graduação. Ela é a base que sustenta todo o ensino superior.

Não é possível aceitar que a vida inteligente só começa na pós-graduação e, antes disso, só é possível fazer o mínimo. Também não é possível aceitar que os alunos que lutam com dificuldades devem preocupar-se em fazer seus cursos de graduação e garantir a sua sobrevivência e que não conseguem ou mesmo não querem refletir. Não é possível aceitar que um curso de graduação, feito com atropelos, com dúvidas e com contratempos, não pode resultar numa boa formação, desde que haja, da parte do aluno e em qualquer etapa dele, a disposição de ousar a refletir e de se comportar como alguém que pode e deve pensar.

Se educar é ensinar a pensar, afirmo que o curso de graduação em Economia da Ufes, do qual Jhonathan é egresso, teve sucesso. Neste livro, ele comprova que exerceu essas faculdades: pensou, refletiu. Desde o ponto de partida de sua formação, refletiu sobre temas que praticamente não foram tratados ao longo de seu curso de graduação. Demarcou, de maneira adequada, os termos de uma comparação válida entre dois autores, tomando como referência fundamental para isso a questão do método. Demarcou o que entende por método, buscando as contribuições de três autores importantes no assunto: Thomas Kuhn, Karl Popper e Lakatos.

Os teóricos objeto da comparação, Williamson e Francis Fukuyama, com amplas distinções entre si, requereram a sua criatividade para ensejar um paralelo entre si, levando o autor a encontrar semelhanças e complementaridades, no qual, em princípio, não havia nenhuma vinculação. Todos esses movimentos, embora não completamente desenvolvidos pelo autor, visto que dependem de um nível de maturidade científica que só advém de muito tempo de pesquisa e de estudo, mostram atitudes que notabilizam um amante do conhecimento e da pesquisa acadêmica.

Neste livro, a apresentação dos autores é feita desde essa perspectiva, buscando uma aproximação de conceitos importantes que se encontram ao longo de suas obras, sugerindo o diálogo entre ambas as percepções. São destacados os conceitos de custos de transação e estruturas de governança de Williamson e de capital social de Fukuyama. Mas é o movimento no sentido de ousar, refletir, exercer a liberdade indiscutível e pensar o que há de melhor nesta obra. Movimento em desuso na atualidade, em tempos em que pouco se inova, muito se reproduz, tempos em que o elã, por explorar o conhecimento pelo conhecimento, parece ter perdido o seu encantamento. Os próprios acadêmicos andam burocratizados sob a égide das exigências da produção científica em ritmo de produção industrial, envolvidos e, por vezes, solapados pelo milagre da multiplicação dos papers. Resta pouco tempo e estímulo ao professor para se dedicar à tarefa árdua de educar, tarefa ainda imprescindível no nível superior.

Os alunos, do ponto de vista da ciência, andam vazios de motivação, porque põem o seu coração em outros altares, e não mais no altar do conhecimento. Assim, seguem como autômatos entre as disciplinas em busca de rapidamente terminar o seu curso e ingressar no mercado de trabalho. Muitas vezes, nem mesmo um fazer inovador da parte do professor tem tido força suficiente para resgatar os alunos desse destino, dessa ausência de alma e de interesse pela reflexão acadêmica. Mas uma gota no oceano é suficiente para manter minha fé de que nem tudo está perdido, de que a reflexão ainda interessa àqueles que empreendem a passagem pelo ensino superior. Eis aí o mérito deste livro.


Neide César Vargas
Doutora em Ciência Econômica
pela Universidade Estadual de Campinas
Professora Titular da Ufes

Neide César Vargas

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Espírito Santo (1986), mestrado em Economia pela Universidade Federal Fluminense (1990) e doutorado em Ciência Econômica pela Universidade Estadual de Campinas (2006). Atualmente é professora Titular do Departamento de Economia e pesquisadora no Programa de pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Espírito Santo. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia do Setor Público e Políticas Sociais, atuando principalmente nos seguintes temas: federalismo, finanças públicas, financiamento de políticas sociais, neoliberalismo e educação.

Plataforma Lattes 


Sinopse | Primeiras Páginas

Livro Digital

ISBN nº 978-65-00-10138-6

Acesso via Plataforma Moodle
Last modified: Friday, 3 September 2021, 6:25 PM